En Latam y el mundo hablan de Navent

Prensa

Semestre teve redução nos preços de venda e locação de imóveis no Rio

Canal Executivo, 08-2017 Brasil.

Com base nos mais de 3 milhões de ofertas mensais divulgadas na plataforma, o Imovelweb apresenta o índice do valor dos imóveis no Rio de Janeiro referente ao mês de julho de 2017./p>

Segundo o levantamento, no último mês o preço médio do metro quadrado para venda na cidade ficou em R$ 6.162,00, acumulando uma baixa de 0,3% nos últimos doze meses. Em termos reais, já contemplando a inflação, o preço dos imóveis caiu 2,4%. O bairro do Leblon, na zona sul fluminense, se manteve como o metro quadrado mais caro: R$ 21.885,00. Entretanto, ainda dentro desse bairro, foram encontradas zonas com preços que podem chegar até R$ 60.000,00. Enquanto, isso, os bairros de Santa Cruz (R$ 2.848,00) e Campo Grande (R$ 3.681,00), apresentaram os menores valores.

Já para locação, 85% dos bairros registraram queda média de 3% no preço do aluguel no primeiro semestre de 2017, tendo como base um apartamento de 65 m², com valor de R$ 1.650,00 por mês, dependendo do bairro. Leblon e Ipanema foram avaliados os bairros mais caros neste quesito, saindo a R$ 3.843,00 e R$ 3.807,00 por mês, respectivamente. Já Praça Seca, em Jacarepaguá, (R$ 905,00) e Vila da Penha (R$ 1.131,00) são os bairros com aluguel mais baixo.

Para os consumidores que desejam investir no mercado imobiliário, o levantamento do Imovelweb identificou que a rentabilidade anual da cidade ficou em 4,1% anual, sendo necessários 24 anos de aluguel para recuperar o gasto com a compra. Localizados em Jacarepaguá e Barra da Tijuca, Taquara e Vargem Pequena se destacaram neste indicador, com 4,8% e 5,4% respectivamente.

“Com mais um mês de redução nos preços de venda e locação de imóveis no Rio de Janeiro, o momento se mostra propício para quem planeja a compra de um imóvel para moradia ou investimento e também para os inquilinos que estão pensando em mudar para um imóvel maior ou em outra região da cidade. Negociar é a palavra do momento”, destaca Mateo Cuadras, CEO do Imovelweb.

Tags:

Contacto

NaventNaventNavent