En Latam y el mundo hablan de Navent

Prensa

Preço dos imóveis para venda em São Paulo começa o ano em queda

Qual Imóvel, 02-2018 Brasil

Valor para locação aumentou pelo terceiro mês consecutivo.

Em janeiro, o Index São Paulo, levantamento produzido pelo Imovelweb, um dos maiores portais do mercado imobiliário do Brasil, analisou os preços do metro quadrado para venda e locação de imóveis localizados na capital paulista. De acordo com o estudo, o preço para venda caiu 0,2% no período, enquanto o valor para locação sofreu aumento pelo terceiro mês consecutivo.

O preço do metro quadrado de um imóvel usado, de 65m², dois dormitórios e uma vaga de garagem na cidade registrou um leve retrocesso (0,2%) e ficou em R$ 6.028,00. Nos últimos doze meses, a queda acumulada foi de 0,6%, 3,5% em termos reais, considerando o IPCA-15. As regiões da Sé e da Saúde foram as que apresentaram a maior valorização anual, acima de 10%

Confira agora o ranking dos bairros mais caros e mais baratos para venda em São Paulo:

Mais caros (metro quadrado)

Ibirapuera R$ 19.186,00

Vila Nova Conceição R$ 16.663,00

Itaim Bibi R$ 12.974,00

Mais baratos (metro quadrado)

Cidade Líder R$ 4.343,00

Guaianases R$ 3.401,00

Conjunto Residencial José Bonifácio R$ 3.159,00

Já o preço para locação de um apartamento usado, de 65m², dois dormitórios e uma vaga de garagem em São Paulo ficou em torno de R$ 1.705,00/mês, 2,1% mais caro do que o apurado no mesmo período de 2017. As regiões Noroeste, Nordeste e Leste continuam sofrendo com queda de preços, em detrimento às demais, que apresentaram aumento no valor do aluguel. Os bairros do Tucuruvi e Paraíso registraram a maior valorização anual neste quesito, 17,4% e 15,2%, respectivamente.

Confira agora o ranking dos bairros mais caros e baratos para locação em janeiro de 2018:

Mais caros (preço mensal)

Cidade de Monções R$ 4.398,00

Itaim Bibi R$ 4.355,00

Vila Nova Conceição R$ 4.309,00

Mais baratos (preço mensal)

Itaquera R$ 1.260,00

Piqueri R$ 1.199,00

Cidade Líder R$ 1.069,00

Para Mateo Cuadras, CEO do Imovelweb, o cenário para o mercado imobiliário é bastante promissor, principalmente em uma cidade como São Paulo. “O preço do aluguel ainda está bastante valorizado na capital devido à grande demanda registrada nos últimos anos. Acreditamos que, com a retomada da economia, a tendência é de que este valor volte a patamares mais equilibrados”, explica.

“E para 2018, a compra de um imóvel, certamente, voltará a ser considerada. A retração dos juros e a queda da inflação fará com que o consumidor volte a pensar na aquisição, seja para realizar o sonho do primeiro imóvel ou como uma boa oportunidade de investimento”, finaliza o executivo.

Tags:

Contacto

NaventNaventNavent